Nunca perca um post. Assine agora!

Obrigado!

  • Patrícia Bordignon Rodrigues

Metaverso, o novo ritmo que irá embalar as reuniões!

Episódio 12: Como serão as reuniões de trabalho no metaverso

Patrícia Bordignon Rodrigues 27 de abril de 2022 no Artigos, Destaque do dia Tempo de leitura: 3 minutos


As pessoas estão ávidas por saber, na prática, como serão as reuniões no metaverso. Essa curiosidade traz muitas dúvidas e expectativas para conhecer esse novo modelo de trabalho.

O metaverso está presente nas rodas de conversas e tem sido pauta sempre presente nas reuniões focadas em inovação e planejamento. Segundo a Bloomberg Intelligence, a previsão é que esta tecnologia movimente cerca de US$ 800 bilhões até 2024. O que a coloca como uma das principais tendências para os próximos anos. Com estas estimativas, até mesmo os mais céticos estão se debruçando nos estudos para entender mais e incluir o metaverso nas suas previsões.

Quando falamos em metaverso, estamos falando em ambientes digitais onde é possível alcançar níveis de imersão e de interação muito mais elevados do que temos atualmente em reuniões, nas capacitações corporativas e em qualquer evento que envolva a atenção dos participantes. Para isso, precisamos de uma internet com boa velocidade e boa conexão, o que devemos ter principalmente com a chegada do 5G no Brasil. O propósito do metaverso é criar espaços virtuais com cenários que nos remetam à realidade, simulando situações do nosso dia a dia.



Empresas de vários segmentos estão dedicadas para trazer o metaverso para dentro de casa, repensando os seus modelos de trabalho e vislumbrando todas as mudanças positivas que virão junto com essa nova tecnologia disruptiva.

Na educação corporativa, por meio do ensino à distância, os números são bem expressivos no campo dos investimentos. As empresas estão priorizando a qualificação e a formação dos seus colaboradores. De acordo com a pesquisa Global Marketing Insights, até 2027 o setor de e-learning deve duplicar seu tamanho, recebendo investimentos de US$ 499,1 bilhões.

O grande pulo do gato está em colocar definitivamente a educação corporativa como um dos principais pilares das organizações. Me parece que estamos cada vez evoluindo mais no nosso funil de crescimento para atingir essa etapa na qual a educação corporativa será vista como imprescindível para que a empresa alcance seus resultados e consiga levar essa percepção para os seus consumidores. E os benefícios que ela vai trazer atrelada do metaverso serão ainda maiores.

E as reuniões de trabalho, como serão? O cofundador da Microsoft Bill Gates diz que reuniões migrarão para ambiente virtual em 3D até 2024. “Nos próximos dois ou três anos, prevejo que a maioria das reuniões virtuais se moverá das imagens de câmeras 2D para o metaverso, um espaço 3D com avatares digitais. O Facebook e a Microsoft recentemente revelaram suas visões para isso, o que deu à maioria das pessoas a primeira visão de como será”, escreveu.

As videoconferências passaram a ser o nosso dia a dia com a chegada da pandemia. E o mundo aderiu rapidamente porque era necessário apenas ter um PC ou um telefone celular com câmera.

Já para que seja possível replicar a sensação de estar numa sala real de reuniões no metaverso serão necessárias algumas tecnologias para que o usuário tenha a melhor experiência. Sabemos que a adesão a essas novas tecnologias será demorada por diversos fatores, dentre eles o custo de aquisição.

Com os investimentos e os holofotes voltados para o metaverso, certamente assistiremos uma grande corrida para redução dos custos de produção destas tecnologias, visando um custo de aquisição mais acessível para que se ganhe escala, e somente assim, o metaverso chegará nas estimativas que estão sendo calculadas.

Com tudo isso, seguimos com a certeza de que em um dado momento, o ritmo que embalará as nossas reuniões será o metaverso, e com toda certeza, vamos aprender esse novo ritmo e vamos crescer com ele, absorvendo todos os benefícios que ele trará para a nossa vida. Que venha o novo ritmo! Vamos aprender a dançar!

Até o nosso próximo episódio!


Patricia B. Bordignon Rodrigues é diretora de Marketing e Canais Benkyou. Imagem: Shutterstock

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo